segunda-feira, 14 de julho de 2014

Resenha Feroz: Isso não é normal! Contos e Crônicas do Absurdo - Rô Mierling

Informações do livro:

Autor: Rô Mierling
Gênero: Contos e Crônicas
Editora: scortecci
Ano: 2014
Páginas: 168

Onde Compra: Amazon, Clube dos Autores
Sinopse:


A obra analisa personagens reais em eventos do cotidiano, descritas em uma ótica crítica, dramática e até irônica, destacando o absurdo de amores, mortes, traições. São 23 contos baseados em fatos reais e 13 crônicas analisando situações do cotidiano social brasileiro. Uma menina que desaparece, uma mulher fatal e cinco homens, uma adolescente sequestrada por não saber ler, um assalto noturno que deixa marcas, o drama do Facebook, a filosofia do beijinho, a tatuagem e seus estigmas, o amor e o racismo, o poder da leitura, o estupro mental e a procura incansável de um deus inexistente, casos insólitos e reais. Esses e muitos outros assuntos são o foco dos contos e crônicas desse livro dinâmico, ágil, divertido e reflexivo. Livro de leitura rápida e fácil para leitores e até “não leitores”.






Resenha Feroz!

"Nunca deixe de verificar se sua porta ou janela está trancada, o vento que adentra pode trazer maus ares."


Contos - O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho). Entre suas principais características, estão a concisão, a precisão, a densidade, a unidade de efeito ou impressão total. O conto precisa causar um efeito singular no leitor; muita excitação e emotividade. Ao escritor de contos dá-se o nome de contista.


"A anormalidade no mundo normal? O que seria o anormal?" 

"A amizade que separa? Cores diferentes?" 

"O olhar do amor? Onde os olhos não veem, mas o corpo senti?" 

"Rosas? Ela gosta de rosas brancas?" 

" Nada é normal, tudo é um absurdo!"




O que podemos falar dos contos do livro de Rô Mierling? 

Bom, vamos falar dos contos que ela escreveu: são contos que retrata acontecimentos totalmente absurdos do dia-a-dia. E se vocês os lerem podem falar que alguns são total imaginação da autora, mas creio eu que não, o que ela retrata em seu livro é uma total realidade, claro que com um pouco de ficção. 

O pouco de ficção que encontramos no contos, somente serve para dar uma magia e deixa los mais interessante do que já são, e observando bem, podemos ver que tem casos que acontecem em nossa volta, casos esses que podemos ver todos os dias na televisão, só que totalmente desprovidos de ficção, é a pura realidade. 

Rô, consegue se expressa muito bem em seus contos, deixando claro sua revolta. Como ela mesmo disse, o livro conta a realidade dos fatos, respeitando os indivíduos que participaram. O que podemos concluir nos contos de Rô Mierling? 

Podemos concluir que, ela conseguiu reuni muito mais que apenas contos, e sim realidades que podemos identificar em cada esquina, em cada casa. Ela somente nos mostrou um pouco mais, nos deixando a par sobre o mundo em que vivemos hoje, onde finais felizes, são raridade.

"A vida pode ter surpreender com os mais absurdos acontecimentos, prepara -se, pois o seu amanhã pode ser um fato histórico."



Crônicas - Crônica é uma narrativa histórica que expõe os fatos seguindo uma ordem cronológica. A palavra crônica deriva do grego "chronos" que significa "tempo". Nos jornais e revistas, a crônica é uma narração curta escrita pelo mesmo autor e publicada em uma seção habitual do periódico, na qual são relatados fatos do cotidiano e outros assuntos relacionados a arte, esporte, ciência etc.




"Serio? Ele fez isso?" 

"Sera? Devo confiar?" 

"Que horas? Daqui a pouco estou ai." 

"Você vai? Vestida assim?" 

"O anormal que é considerado normal!"




O que podemos falar das cronicas do livro de Rô Mierling? 

Não tenho muito a dizer sobre as cronicas, eu percebi que Rô os escreveu para nos fazer refleti, pra nos fazer entende que certas coisas são normais, outras nem tanto. Ela nos faz pensa como as pessoas se sentem quando agimos de uma certa forma que deveria se errada, mas na sociedade moderna é normal.

Gostei como ela nos monstra coisas que, pra muitos é normal, só que não é. A sociedade de antigamente, tinham costumes que hoje não valem de nada e coisas que consideramos "normais" pra outros são uns absurdos.

Ela nos faz ver que, devemos aprestar mais atenção ao nosso redor e tenta distingui o "certo" do "errado". E não confundir nem um nem outro.


Entrevista com a escritora:


Rô Mierling, o que considera mais importante na sua vida?

R - Deus, meu filho e meus livros. 

Rô, você já me disse que viu livros que você escreveu pra outros "escritores" em livrarias, certo? O que você sente, quando ver obras suas sendo lidas por uma gama de leitores e não podemos dizer que foi você que escreveu? 

R - No começo era difícil, mas depois me acostumei, é meu trabalho, ajudo escritores com contextos, ideias, revisões, faz parte da minha profissão, eu recebo e desapareço. 

Eu vejo que seu livro está fazendo um sucesso muito grande. Quais seus sentimentos, quando ver seu talento sendo reconhecido? 

R - É gostoso, é motivador saber que apesar da grande dificuldade que o mercado editorial brasileiro impõe aos escritores iniciantes, temos leitores que dão valor ao nosso trabalho. 

Quais foram as pessoas que lhe deram força para prossegui nessa jornada que está percorrendo? 

R - Meu marido é meu grande motivador. E alguns amigos que conquistei nessa estrada literária. 

O que tem a dizer a seus leitores? 

R - Muito obrigada, vocês me ajudam a ser mais e mais feliz.


Bom, essa foi uma entrevista com a Escritora, Ghost Whiter e Revisora Rô Mierling.




--------//--------//--------//--------//--------

"Todos os dia era a mesma coisa na vida da pequena Alice: frio na espinha, arranhões e gritos."

Quando recebi o livro em minha casa, eu comecei a folheá-lo e minha curiosidade venceu e me fez começa a leitura na mesmo instante, resultado: Terminei de ler em 3 noites, isso, três noites. 

Como o livro é de contos e cronicas, são de vários gêneros e são abordados diferentes temas, mostrando diferentes visões de determinado acontecimento. E é interessante como a pessoa se sentiu, já que o livro é baseado na vida real. Você acha que está lendo algo do imaginário da autora, mas não, você está lendo a realidade com um pouco de ficção. 


"O medo é seu inimigo na busca da felicidade"


Olha, os contos são de uma intensidade incrível. Mas, eu achei que poderia ter tido mais finais felizes, mas está bom do jeito que está. 


Os personagens estavam.... PERFEITO! Adorei cada um, mesmo sendo bom ou ruim, mostrou com clareza como cada um é, sem esconde nada. Pude percebe que, cada personagem foi "criado" com o proposito de nos mostra a verdade dos fatos.



"A solidão sempre vai te procurar, esconda-se nas páginas de um bom livro."



O que eu posso falar de Rô Mierling? Ela é ótima, como autora, como pessoa. Eu a conheci em uma promoção que eu, ela e outros blogueiros fizemos, e foi nessa promoção que me tornei parceiro e amigo. Ela sabe escreve muito bem, tudo que escreve lemos em fração de segundos. Seus textos são sucesso dentro e fora do Brasil, e ela já escreveu vários livros, porém não pode se reconhecida, já que escreveu pra outros "escritores". 


A capa é linda, enigmática e com um nome de deixa qualquer um curioso. A diagramação é perfeita e sem erros na revisão. O livro é perfeito!


"As experiências que vivo me dão material de sobra para meus contos e crônicas, pois não falo do que nunca vi ou nunca vivi. Primeiro olho para mim mesma, para depois olhar para o lado."

36 comentários:

  1. Adorei, ler nos leva a outros mundo, eu particularmente leio bastante! :) Gostei do livro pretendo ler ele. :)

    / http://cafelivrosepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei o livro. E o melhor nos faz vivenciar cada história como se fosse a nossa.

    http://minhasprimeirasimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei, amei!! Finais felizes são raridade hoje em dia mesmo... Show!

    ResponderExcluir
  4. Olha, eu amo livros assim, me apaixonei por completo... Contos e crônicas são a minha cara!!

    ResponderExcluir
  5. Oie!!
    Adoro contos e crônicas. Essa capa está muito bonita!!
    Dica ótima para uma boa leitura!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Luan, amei a resenha..bjs Rô

    ResponderExcluir
  7. Luan estou orgulhosa de você, uma das melhores resenhas, se não a melhor que vi de Contos e Crônicas do Absurdo, muito bem detalhada, parabéns, esse livro merece muitas observações, afinal, é uma emoção atrás da outra. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sa! A sua resenha que é perfeita, rsrs!! ^_^

      Excluir
  8. YEEEEEEEEEEEEY , adoro livros de contos e muita gente fala desse livro e estou bastante curioso para conhecer a escrita da RÔ ... Essa capa e a premissa está maravilhosa ! Bastante curioso para leitura ;)
    Até !

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha. Estou lendo o livro e em breve farei uma também, ele é maravilhosamente maravilhoso.

    eueminhapequenaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Faz pouco tempo que li um livro bem parecido com esse, falando sobre coisas que nos lembram o dia-a-dia e eu gostei bastante então com certeza irei gostar desse também
    Tem resenha nova no blog, Um beijo
    ** SORTEIO DO BLOG **

    ResponderExcluir
  11. Oiew, achei muito legal colocar o que é um conto, um contista logo no início. Quem não sabe logo entende sobre como o livro é feito. E gostei da entrevista misturada com a resenha. Um livro verdadeiro. É isso que ele quer nos passar. É o que tenho visto com todas as resenhas feitas :D Boa resenha :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e quis tira qualquer dúvida sobre o que significa cada coisa... Obrigado pela visita! ^_^

      http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

      Excluir
  12. Esse é um dos gêneros que adoro ler, duas autoras que eu adoro e que escrevem contos e crônicas são: Yohana Sanfer e Maiesse Gramacho..tem os livros do gênero mais perfeitos que já li.
    Parabéns pela sua resenha, criatividade a mil em?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs Obrigadoo, espero que tenha gostado!! ^_^

      Excluir
  13. Espero poder ler o livro logo, adorei a resenha e definitivamente é um livo que eu leria, abraços
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha! Amei d+, já está na minha lista.....

    ResponderExcluir