sábado, 7 de março de 2015

Resenha: A Ideia - Lucas Chagas

Informações do livro:

Autor: Lucas Chagas
Editora: Novo Século
Ano: 2012
Páginas: 424
Onde Compra: CulturaSaraiva e Buscapé
Sinopse:


Beatrice Dumont, 23 anos, estava habituada à mesmice do dia a dia, mas percebe, durante uma noite de forte chuva, que aproveitava pouco sua juventude. Sem achar uma luz no fim do túnel, sente a necessidade de dar um passo em direção à mudança de vida. Mas o que ela parecia ter esquecido é que a felicidade, muitas vezes, pode trazer consigo perdas irreparáveis, principalmente quando os laços afetivos com as pessoas amadas são muito fortes. 'A Ideia' procura não ser uma história de um amor perfeito, no qual o universo conspira a favor. Pretende ser uma história de luta pelo amor, quando tudo parece estar contra. Fala da vida em sua brevidade, sem deixar de lado os instantes que fazem dela eterna.


Vamos a resenha:


"Eu sou uma vencedora, mas isso não faz da minha vida uma vitória."


Beatrice Dumont tem 23 anos, cursa faculdade de letras e está sempre muito envolvida com seus estudos, deixando sua vida pessoal um pouco de lado. Beatrice vive com sua tia, Vera, já que há muito tempo seus pais morreram, porém elas não possuem um bom relacionamento. 

Beatrice se alto questiona muitas vezes, buscando entender aonde errou para sua vida está tão... triste. Beatrice, em busca de se diverti um pouco, resolve sair com seus amigos para irem ao cinema, mas acontece um contra tempo e eles resolvem esperar até a próxima sessão e é nesse meio tempo que Beatrice conhece Benjamin, o homem que a faria senti o que jamais sentiu por ninguém.

Comentários:

Desculpe, mas fiquei perplexo com o final desse livro, não darei spoilers, mas acredite em mim, vai ficar de boca aberta com o final desse livro, eu não acreditei nem um pouco nisso tudo. E ficou aquela pergunta: "Porque os escritores são assim com seus personagens?"

Bom, já havia um bom tempo que eu queria ler este livro e chegou o grande dia, então eu li, terminando em poucos dias e, acredite em mim, fiquei pasmo, sem acredita no que havia lido. O autor conseguiu me deixar zonzo, pasmo e perplexo com a leitura.


“[...] A que horas minha vida vai começar? Ela ainda não começou, e chegará um momento em que não poderá mais."


Percebi que o autor jogava bastante insinuações e começou logo no Prefácio e se você não souber captura essas informações aleatórias, você vai indo direto para a armadilha, claro que você não descobre o que as informações significa, mas você fica com uma pulga atrás da orelha e eu fiquei, mas não tive total exito na resposta, portanto, fui direto na armadilha...

A leitura é muito fluída e nós consome a cada pagina virada, fiquei ali, preso na leitura. O autor brinca bastante com nossa imaginação em algumas situações, deixando informações no ar, mas não se preocupe, pois tudo é resolvido com o decorrer da história.


"Estou cansada de sonhar com coisas inexistentes, simplesmente porque a vida não é um sonho, e para ela só presta o que se faz. E isso já diz tudo."


Os personagens foram bem criados, tendo cada um o carisma próprio. Umas das personagens que mais gostei foi a Beatrice, pois senti que ela era real, tendo seus conflitos internos(quem não os tem), o que a deixou mais interessante a história. Benjamin também foi um personagem que tem um carisma próprio, adorei o jeito dele, as atitudes principalmente. Não tenho nada a dizer sobre os cenários, foram de simples descrição e fácil imaginação.

A edição é simples, mas está linda. Bom, em cada inicio de capítulo possui uma frase e o número do mesmo. As páginas são amareladas e a diagramação está simples.

Uma história que prova que nem todos os finais são felizes.

16 comentários:

  1. Nossa, pela premissa não parece que vai ter um final tão arrebatador assim. Na verdade pelo início parece uma história bem simples, mas pela sua resenha adá pra perceber que é tudo menos simples haha fiquei bem curiosa, não conhecia o autor, nem a obra ainda!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post novo sobre séries no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, de simples não tem nada e tem é muito arrebatador! ^_^

      Excluir
  2. Oi xará, tudo bem?
    Já tinha visto esse livro na minha TL, li umas resenhas a respeito e simplesmente estou encantado com ele ♥ A capa dele é muito linda e sério, perplexo?! Já me deixou curioso (rs), adorei seus comentários e adoro leituras fluídas sem muita enrolação e para que o autor fez um ótimo ''jogo'' com o seu livro. Outro ponto é os personagens cativantes que me conquistam facilmente HAUAHUAAHU. Adorei sua resenha ;)
    Abraços,
    Luan || http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou curioso! Eu recomendo muito esse livro e espero que leia logo!! ^_^

      Excluir
  3. Oi
    Não conhecia esse livro, mais gostei da premissa dele. Parece ser uma boa leitura e pelo jeito te surpreendeu e é bom quando o libro faz isso.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VDD, me supreendeu muito e estou recomendo para todo mundo!! ^_^

      Excluir
  4. Oi, Luan!

    Ainda não conhecia esse livro, mas a sinopse é interessante. Fiquei curiosa para saber o que aconteceu no final da história, rs!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom? Eu já tinha lido a sinopse desse livro e também fiquei bem curiosa com o livro, mas não tinha lido uma resenha sobre ele, e foi muito bom ler a sua, pois ela esclareceu todas as minhas duvidas, provavelmente vai ser um livro que vai me agradar muito, eu já gostei dessa Beatrice hahaha’

    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, espero que leia e possa senti o mesmo que eu !!

      Excluir
  6. OI!!!!
    Essa é a segunda resenha que leio, que teve a mesma sensação.
    Como você, fiquei bem curiosa depois que li a sinopse, mas eu também vá curtir muito.
    Dessa vez passo o livro para ler logo!
    Gostei do jeito que você escreveu sua resenha soube explica muito bem o que sentiu!
    Parabéns.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não é um livro que me chamaria a atenção em uma livraria, talvez pela capa, deu-me uma ideia de autoajuda, tema que fujo como o diabo da cruz. Mas sua resenha me fez perceber que nem sempre a primeira impressão é a correta. Adorei!!

    ResponderExcluir